Microchirus azevia (de Brito Capello, 1867)

AphiaID: 274299

Azevia

Animalia (Reino) > Chordata (Filo) > Vertebrata (Subfilo) > Gnathostomata (Superclasse) > Pisces (Superclasse-2) > Actinopterygii (Classe) > Pleuronectiformes (Ordem) > Soleidae (Familia)

A carregar dados...

Descrição

Corpo oval; olhos no lado direito; barbatanas dorsal e anal completamente separadas da barbatana caudal; barbatana peitoral do lado cego rudimentar; sem bandas transversais sobre o corpo; coloração do lado oculado uniformemente acinzentada a castanha avermelhada; barbatanas dorsal e anal do lado cego escuras. A sua longevidade pode ir até aos 8 anos e atingir um tamanho máximo de 40 cm.

Distribuição geográfica

Atlântico Leste: Portugal para sul até Ao Senegal. Mediterrâneo: Espanha, Argélia e Turquia.

Habitat

Espécie bentónica encontrada em substratos lodosos e arenosos. Os adultos ocorrem na plataforma continental em profundidades que variam de 40 a 340 m, os juvenis ocorrem em águas rasas e em estuários.

Ecologia

Alimenta-se de pequenos invertebrados bentónicos, principalmente anfípodes e poliquetas.

A desova ocorre do inverno à primavera.

Características identificativas

  • Corpo oval;
  • olhos do lado direito;
  • barbatanas dorsal e anal completamente separadas da caudal;
  • sem ocelos na face oculada;
  • barbatana peitoral do lado cego rudimentar;
  • sem bandas transversais sobre o corpo;
  • coloração do lado oculado uniformemente acinzentada a castanho avermelhado;
  • barbatanas dorsal e anal do lado cego escuras.

Estatuto de Conservação

Sinónimos

Microchirus (Zevaia) azevia (Capello, 1867)
Quenselia azevia (de Brito Capello, 1867)
Solea (Microchirus) azevia de Brito Capello, 1867
Solea azevia de Brito Capello, 1867

Informação Adicional

Tamanho mínimo de captura – 180 mm.

O que distingue as azevias dos linguados é  que as barbatanas dorsal e anal são completamente separadas da caudal.

Pesquise mais sobre Microchirus azevia> ~ FishBase  ~IUCN

Referências Internacionais

Manual Prático de Identificação de Peixes Ósseos da Costa Continental Portuguesa – IPMA (2015)

MARTINS, R.; CARNEIRO, M., 2018. Manual de identificação de peixes ósseos da costa continental portuguesa – Principais Características Diagnosticantes. IPMA, I.P., 204p

Keskin, Ç., Rijnsdorp, A.D., Nielsen, J., Monroe, T., Costa, M., Herrera, J. & de Sola, L. 2015. Microchirus azevia. The IUCN Red List of Threatened Species 2015: e.T198734A45869857.

additional source Froese, R. & D. Pauly (Editors). (2017). FishBase. World Wide Web electronic publication. , available online at http://www.fishbase.org [details]

additional source Froese, R. & D. Pauly (Editors). (2018). FishBase. World Wide Web electronic publication. , available online at http://www.fishbase.org [details]

additional source Froese, R. & D. Pauly (Editors). (2019). FishBase. World Wide Web electronic publication. version (02/2019)., available online at http://www.fishbase.org [details]

Última atualização: 31 Ago. 2019
Gerar PDF

O texto desta página é disponibilizado nos termos da licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0); pode estar sujeito a condições adicionais, para mais detalhes consulte os Termos e Condições.