Glossário

A
  • Abdómen
    • A parte do corpo que contém os orgãos digestivos a e reprodutores; a parte inferior do corpo à frente da cloaca; ventre; a parte do corpo que contém os intestinos e as outras vísceras.

  • Abdominal
    • Sobre ou pertencente do ventre ou do abdomén.

  • Amocete
    • Larva de peixes sem mandíbula, como a lampreia.

  • Anádroma
    • Espécies que vivem no mar e migram para os rios para se reproduzirem.

B
  • Barbatana
    • Órgão formado por uma membrana e pelo esqueleto ósseo ou cartilaginoso que a sustém, com uma função propulsora e estabilizadora na locomoção dos peixes e cetáceos.

  • Bentopelágico
    • Vive e alimenta-se perto do fundo bem como nas camadas superiores.

  • Biomassa
    • Massa total dos seres vivos que subsistem em equilíbrio numa dada superfície de solo ou num dado volume de água oceânica.

  • Branquiespinhas
    • Projecções ósseas dos arcos branquiais em posição oposta aos filamentos branquiais e que retêm o alimento impedindo-o de sair pela abertura opercular. Variam muito em forma e número sendo assim importantes na identificação e classificação dos peixes.

C
  • Cardume
    • Agregação de peixes que nadam associados uns aos outros.

  • Cetáceos
    • Infraordem de mamíferos adaptados ao meio aquático, a que pertencem as baleias e os golfinhos, entre outros, e que possuem barbatanas anteriores e uma barbatana caudal horizontal.

  • Cicloíde
    • Com margem livre suave; usada para descrever as escamas de alguns peixes.

D
  • Demersal
    • Que se encontra perto do fundo; que vive no ou perto do fundo.

E
  • Ectotérmico
    • Diz-se de animal (peixeanfíbio ou réptilcuja temperatura corporal se eleva por obtenção de calor de uma fonte externa.

  • Epipelágico
    • Camada superior, normalmente zona fótica dos oceanos entre a superfície e a termoclina, ou seja, os 0-200 m; que vive ou se alimenta desde a superfície aos 200 m.

  • Escama
    • Estrutura membranosa ou coriácea da pele de muitos peixes.

  • Espaço interorbitário
    • Área no cimo da cabeça entre os olhos.

  • Estuário
    • Parte de um riopróxima à sua foz no maronde a água doce se confunde com a salgada.

F
  • Família
    • Nome científico dum taxon ao nível de família.

  • Fauna
    • As comunidades animais existentes numa área.

G
  • Gónada
    • Orgãos reprodutores dos animais e plantas que produzem os gâmetas (óvulos e espermatozóides). São os ovários das fêmeas, os testículos dos machos. Os hermafroditas possuem ambas as gónadas.

H
  • Habitat
    •  Ambiente ou conjunto de condições e circunstâncias físicas e geográficas onde vive e se desenvolve qualquer ser organizado.

  • Hermafrodita
    • Indivíduo com os dois sexos na mesma altura da sua vida (síncrono) ou em alturas diferentes (sucessivo).

I
  • Indígena
    • Nativo de, mas não necessariamente limitado a essa área.

  • Invasora
    • Espécie exótica em ecossistema natural ou antrópico, que desenvolve altas taxas de crescimento, reprodução e dispersão.

J
  • Juvenil
    • De pouca idade, muito semelhante em forma ao adulto mas ainda não sexualmente adulto.

L
  • Linha lateral
    • Orgão sensorial dos peixes que consiste num canal ao longo dos lados do corpo e que contacta com o exterior através de poros que atravessam escamas especializadas; geralmente percepcionam vibrações de baixa frequência e diferenças de pressão.

M
  • Mesopelágico
    • Pertencente à zona do oceano entre os 200 e os 1000 m; zona oceânica situada entre a zona epipelágica e batipelágica. Que vive ou se alimenta na zona entre os 200 e os 1.000 m.

N
  • Nativos
    • Organismos que ocorrem naturalmente numa dada área ou região.

O
  • Oceanádromo
    • Migrantes nos oceanos como, por exemplo, os atuns.

  • Opérculo
    • Osso grande que forma a parte postero-superior do opérculo; frequentemente possui de um a três espinhos dirigidos para trás.

P
  • Pelágico
    • Que vive e se alimenta no mar aberto; associado à superfície ou ás camadas de água medianas.

  • Plâncton
    • Organismos que flutuam ou que nadam incipientemente numa massa de água e são transportados pelas correntes. Organismos que variam em tamanho desde pequenos animais ou plantas a grandes medusas e salpas e inclui também os estadios larvares de peixes.

V
  • Vómer
    • Osso ímpar do teto da boca cuja parte anterior tem frequentemente dentes.

Z
  • Zooplâncton
    • Animais (na sua maioria microscópicos) que habitam na coluna de água sem, contudo, terem a possibilidade de contrariar os deslocamentos das massas de água.