Actitis hypoleucos Linnaeus, 1758

AphiaID: 212603

Maçarico-das-rochas

Animalia (Reino) > Chordata (Filo) > Vertebrata (Subfilo) > Gnathostomata (Superclasse) > Tetrapoda (Superclasse-2) > Aves (Classe) > Charadriiformes (Ordem) > Scolopacidae (Familia)

A carregar dados...
Registos OMARE: 0
Registos OBIS: 733

Descrição

Espécie limícola;

A ave adulta apresenta uma plumagem de cor castanho acinzentado na cabeça, nuca, peito, dorso e asas; o abdómen e as coberturas infra-caudais são brancas;

Geralmente apresenta um anel branco em torno dos olhos;

Os jovens têm manchas brancas também na parte superior enquanto os juvenis são muito parecidos com os adultos invernosos, mas têm um brilho significativamente maior;

O adulto pode atingir cerca de 35cm de envergadura;

Espécie homeotérmica e endotérmica.

Distribuição geográfica

Ave migratória que durante o inverno se desloca para climas mais quentes como África, sul da Ásia e Austrália.

Tem uma distribuição cosmopolita, desde a Europa Ocidental, leste da Ásia até ao Japão, estendendo-se para o sul até África e Austrália.

Durante a primavera e o verão, época de reprodução, preferem o hemisfério norte, desde o Oceano Atlântico até ao Japão (geralmente em climas temperados).

Em Portugal continental, durante a época de nidificação, é mais comum no interior do território, ocorrendo principalmente junto a cursos de água corrente, mas encontra-se também em zonas húmidas costeiras; de inverno, distribui-se principalmente por zonas próximo de cursos de água e por zonas costeiras, nomeadamente estuários.

Habitat

Habitat – Pode ocupar diferentes habitats, dependendo da época do ano.

Durante a época de reprodução nidifica ao longo de costas arenosas e margens de rios, de preferência perto de água com movimento rápido.

Durante o Inverno é encontrado principalmente junto a cursos de água interiores e na costa utiliza predominantemente zonas entre-marés, salinas e outros habitats estuarinos. No entanto pode utilizar outros habitats terrestres, principalmente campos agrícolas alagados.

O ninho é uma depressão rasa, por vezes entre arbustos e árvores.

O maçarico-das-rochas evita tanto climas muito quentes como regiões geladas ou com neve.

Alimentação – alimenta-se de insetos adultos e larvas, aranhas, moluscos, caracóis, crustáceos, anelídeos e ocasionalmente rãs, sapos, girinos e pequenos peixes, bem como de matéria vegetal (incluindo sementes).

Reprodução – não apresenta dimorfismo sexual ao nível da plumagem, mas as fêmeas tendem a ser um pouco maiores que os machos.

A maturação ocorre próximo dos 2 anos e a ave reproduz-se entre maio e junho.

São quase exclusivamente monogâmicos para cada estação reprodutiva.

O macho defende o seu território e a fêmea fazendo exibições ameaçadoras.

A fêmea coloca em média 4 ovos e o período de incubação dura cerca de 21 dias.

Características identificativas

Apresenta uma plumagem de cor castanho acinzentado na cabeça, nuca, peito, dorso e asas; a plumagem do abdómen é branca;

Apresenta um anel branco em torno dos olhos.

Estatuto de Conservação

Principais ameaças

Esta espécie é sobretudo afetada pela perda ou degradação de habitat.

 

 

Informação Adicional

Pesquise mais sobre Actitis hypoleucos > ICNF  ~ IUCN Red List 

Referências Internacionais

original description Linnaeus, C. (1758). Systema Naturae per regna tria naturae, secundum classes, ordines, genera, species, cum characteribus, differentiis, synonymis, locis. Editio decima, reformata. Laurentius Salvius: Holmiae. ii, 824 pp., available online at https://doi.org/10.5962/bhl.title.542 [details]

basis of record Urban, E.K., C.H. Fry & S. Keith (1986). The Birds of Africa, Volume II. Academic Press, London. [details]

additional source Muller, Y. (2004). Faune et flore du littoral du Nord, du Pas-de-Calais et de la Belgique: inventaire. [Coastal fauna and flora of the Nord, Pas-de-Calais and Belgium: inventory]. Commission Régionale de Biologie Région Nord Pas-de-Calais: France. 307 pp., available online at http://www.vliz.be/imisdocs/publications/145561.pdf [details]

additional source Liu J.Y. [Ruiyu] (ed.). (2008). Checklist of marine biota of China seas. China Science Press. 1267 pp. [details]

context source (HKRMS) HKBWS. (2013). Hong Kong Bird Report 2011. The Hong Kong Bird Watching Society. [details]

context source (Schelde) Maris, T.; Beauchard, O.; Van Damme, S.; Van den Bergh, E.; Wijnhoven, S.; Meire, P. (2013). Referentiematrices en Ecotoopoppervlaktes Annex bij de Evaluatiemethodiek Schelde-estuarium Studie naar “Ecotoopoppervlaktes en intactness index”. Monitor Taskforce Publication Series, 2013-01. NIOZ: Yerseke. 35 pp. [details]

Pines, R. 2011. “Actitis hypoleucos” (On-line), Animal Diversity Web. Accessed April 18, 2018 at http://animaldiversity.org/accounts/Actitis_hypoleucos/ [details]

basis of record Urban, E.K., C.H. Fry & S. Keith (1986). The Birds of Africa, Volume II. Academic Press, London. [details]

basis of record Urban, E.K., C.H. Fry & S. Keith (1986). The Birds of Africa, Volume II. Academic Press, London. [details]

basis of record Urban, E.K., C.H. Fry & S. Keith (1986). The Birds of Africa, Volume II. Academic Press, London. [details]

basis of record Urban, E.K., C.H. Fry & S. Keith (1986). The Birds of Africa, Volume II. Academic Press, London. [details]

original description Linnaeus, C. (1758). Systema Naturae per regna tria naturae, secundum classes, ordines, genera, species, cum characteribus, differentiis, synonymis, locis. Editio decima, reformata [10th revised edition], vol. 1: 824 pp. Laurentius Salvius: Holmiae. , available online at https://doi.org/10.5962/bhl.title.542 [details]

Última atualização: 13 Out. 2018
Gerar PDF

O texto desta página é disponibilizado nos termos da licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0); pode estar sujeito a condições adicionais, para mais detalhes consulte os Termos e Condições.