CEAPortlet

Centro de Educação Ambiental

Avarias

Avarias

gestprocessosonline.JPG

GestProcessos Online

 

Atendimento on-line

Atendimento Online

Cerimónia de Homenagem e Sessão de Apresentação da Campanha de Sensibilização Ambiental.

 
 
A Câmara Municipal de Esposende e a Esposende Ambiente, EEM, convidam V. Ex.ª para a Cerimónia de Homenagem ao Motard Paulo Gonçalves e para a Sessão de Apresentação da Campanha de Sensibilização Ambiental, que se realizarão no dia 26 de Fevereiro, pelas 11h00, no Centro de Educação Ambiental. 
 
Clique aqui para aceder ao convite.

Um cortejo cheio de cor e animação, marcado por apelos à preservação do ambiente. Foi assim o Desfile de Carnaval “Fantasia Ambiente”, que, esta manhã, percorreu as principais ruas de Esposende, num espectáculo que atraiu largas dezenas de pessoas e que trouxe um colorido diferente à cidade.

 
 
“Boa Energia para Todos” foi o tema proposto para a 11.ª edição desta iniciativa, que o Município de Esposende realiza no âmbito dos Programas de Educação para a Sustentabilidade 2011/2012, integrando as campanhas de sensibilização sobre separação selectiva e alterações climáticas, previstas ao nível do projecto “Esposende Cidade Natura”. 

Os estabelecimentos de educação e ensino e as instituições concelhias foram desafiados a transmitir mensagens de índole ambiental relacionadas com a promoção da eficiência energética e do uso de fontes de energia renováveis, bem como a redução de utilização de fontes energéticas poluentes. 

Com efeito, a Organização das Nações Unidades (ONU) declarou 2012 como o Ano Internacional da Energia Sustentável para todos, e o Município aderiu ao Pacto de Autarcas, comprometendo-se a aumentar a eficiência energética, a reduzir as emissões de Gases com Efeito de Estufa e a aumentar a utilização de renováveis. 

Como habitualmente, as fantasias e os acessórios dos cerca de 1 000 participantes no cortejo foram confeccionados com desperdícios e materiais recicláveis, no sentido de promover a aplicação da Política dos 3 R’s e sensibilizar a população para preservação do meio ambiente. O resultado foi um desfile de criatividade e imaginação, bastante apreciado e elogiado por todos quantos tiveram oportunidade de assistir ao desfile.

O Município de Esposende marcou presença no 11.º Congresso da Água, que decorreu no Porto, nos passados dias 6, 7 e 8 de Fevereiro, subordinado ao tema “Valorizar a Água num contexto de incerteza”.

 
 
O Município fez-se representar por vários técnicos da empresa municipal Esposende Ambiente, que apresentaram diversas intervenções relacionadas com os serviços prestados pela Esposende Ambiente, a rede hídrica do concelho, a gestão das praias e o Centro de Educação Ambiental, entre outros. 

“Esposende Ambiente, EEM - A gestão de uma empresa do sector empresarial local num contexto de incerteza” foi o tema abordado pelo Conselho de Administração, que realçou a sustentabilidade da empresa, quer ao nível ambiental e social, quer em termos económico-financeiros, “fruto de criteriosas estratégias de gestão, associadas ao profissionalismo de uma equipa dedicada e com um profundo sentimento de serviço público”. 

Outro dos temas apresentados foi a “Adesão aos sistemas públicos de abastecimento de água e saneamento de águas residuais - Até onde vai o dever de ligação e contratualização”, onde foram abordadas as dificuldades sentidas pela Esposende Ambiente no cumprimento dos objectivos estratégicos nacionais, garantindo a sustentabilidade económica e financeira da entidade gestora e a efectiva implementação das medidas visando a sustentabilidade ambiental, e apresentadas as estratégias para aumentar as taxas de adesão e devida utilização dos sistemas públicos de abastecimento de água e saneamento de águas residuais. 

Na abordagem à “Gestão de águas balneares num cenário de incertezas”, os técnicos da Esposende Ambiente focaram questões como a erosão costeira e as implicações ao nível económico e financeiro da degradação das condições naturais das praias, assim como as dificuldades que se colocam à gestão do espaço “praia” devido à diversidade de entidades que tutelam a zona costeira. 

No Congresso da Água, o Município de Esposende apresentou também uma intervenção sobre “Fiscalização ambiental – Certezas num contexto de incerteza” e uma outra relativa à “Rede hídrica de Esposende - O Plano de Gestão como instrumento de sustentabilidade”, dando a conhecer as diversas medidas de protecção, recuperação e valorização do meio hídrico, numa estratégia integrada de requalificação ambiental, potenciando alguns locais associados aos cursos de água, na perspectiva do lazer e outras actividades associadas à água. 

O 11.º Congresso da Água constituiu também uma oportunidade para o Município dar a conhecer o projecto do Centro de Educação Ambiental de Esposende e os seus vários espaços, focando a sensibilização como ferramenta de gestão dos recursos hídricos. 

Este evento pretendeu promover o debate e reflexão junto de investigadores, técnicos, gestores e decisores, sobre diversas temáticas relacionadas com os recursos hídricos, com o objectivo de valorizar a água num contexto de incerteza. 

Decorreu ainda, na manhã de ontem, dia 9, a visita técnica subordinada ao título “Litoral Norte entre o Cávado e o Neiva”, durante a qual os congressistas tiveram oportunidade de se deslocar ao concelho e efectuar um trilho acompanhado por técnico do Parque Natural do Litoral Norte. Abordaram-se questões associadas ao estuário do Rio Cávado e às espécies de fauna e de flora; o sistema dunar que se prolonga por toda a costa marítima, nomeadamente a restinga de Ofir; edificações de valor cultural ao longo do percurso; as obras de contenção e de protecção dunar, entre outros temas.

Apesar de vocacionada para a vertente ambiental, a empresa municipal Esposende Ambiente não descura a sua responsabilidade social e aderiu ao Conselho Local de Acção Social (CLAS) do concelho de Esposende.

 
 
Deste modo, a Esposende Ambiente pretende contribuir para a sustentabilidade concelhia não apenas ao nível ambiental, mas também social, disponibilizando serviços e recursos no âmbito da Loja Social Rede Solidária, recentemente inaugurada. 

Assim, além de se constituir como ponto de recolha de bens, a empresa municipal assegura o transporte para a entrega e/ou recolha de bens e alimentos, bem como serviços de carpintaria, pintura, electricidade e reparação de electrodomésticos. 

Também a plataforma social interna da empresa, projecto em fase final de preparação e que brevemente começará a funcionar, estará disponível para a Loja Social, permitindo que os recursos doados pelos colaboradores, e que estarão disponíveis para quem internamente necessite deles, possam ser solicitados pela Loja Social em caso de carência, rentabilizando-se assim recursos e potenciando-se o trabalho em rede. 

Com a integração neste projecto, a Esposende Ambiente reforça a sua adesão aos dez princípios do Pacto Global das Nações Unidas e dá continuidade ao trabalho que tem vindo a desenvolver com vista à implementação da certificação em Responsabilidade Social na empresa. 

Refira-se que a Loja Social Rede Solidária pretende ser uma resposta de proximidade junto da comunidade mais vulnerável, quer do ponto de vista económico quer social e, simultaneamente, uma estrutura que permita rentabilizar os recursos existentes, eliminando sobreposições de operacionalização, permitindo desta forma um melhor planeamento, sistematização e celeridade no trabalho em rede.
Plano de contingência COVID-19
   
Atendimento
   
A sua opinião é importante
imagemPortlet copy.png
   
CEA  em Blog
imagemPortlet
Desafios
dia a dia
Desafio dia a dia
   
Leituras
Leituras
   
Qualidade da água
   
Praias
   
Faturação
Eletrónica
   
QUIZ da Água  
   
SUMAKids
   
E-MOVE
   
Empreitadas
   
E|Ribeiras
   
Resp.
Social
Empresarial