Caranx rhonchus Geoffroy Saint-Hilaire, 1817

AphiaID: 126806

Charro-amarelo

Animalia (Reino) > Chordata (Filo) > Vertebrata (Subfilo) > Gnathostomata (Superclasse) > Pisces (Superclasse-2) > Actinopterygii (Classe) > Perciformes (Ordem) > Percoidei (Subordem) > Carangidae (Familia)

A carregar dados...

Descrição

Corpo ligeiramente comprimido; duas barbatanas dorsais, a primeira com 8 raios duros e a segunda com 1 duro e 30 moles; cor verde azeitona, mais escura no dorso e branca prateada nos flancos e no ventre. Distingue-se do género Trachurus por não apresentar escudetes na parte curva da linha lateral; últimos raios das barbatanas dorsal e anal separados dos anteriores, aos quais estão ligados na base por uma membrana; por vezes apresenta uma lista amarelada, que se estende da cabeça até à base da barbatana caudal; mancha escura no bordo superior do opérculo e na parte superior dos primeiros raios moles da dorsal. O tamanho máximo é de pelo menos 60 cm de comprimento.

Distribuição geográfica

Atlântico Oriental: de Marrocos até Angola, incluindo o Mediterrâneo ao longo da costa africana.

Habitat

Ocorre frequentemente em fundos lamacentos e arenosos. Durante o dia é encontrada perto do fundo até profundidades de 200 m, e à noite é epipelágica. Pode entrar em lagoas e estuários de água salobra.

Ecologia

Alimenta-se de pequenos peixes e invertebrados.

As zonas de desova situam-se em águas pouco profundas e os ovos são pelágicos.

Características identificativas

  • Corpo ligeiramente comprimido;
  • Duas barbatanas dorsais, a primeira com 8 raios duros e a segunda com 1 duro e 30 moles;
  • Os últimos raios das barbatanas dorsal e anal separados dos anteriores, aos quais estão ligados na base por uma membrana;
  • Não apresenta escudetes na parte curva da linha lateral;
  • Pode apresentar uma lista amarelada, que se estende da cabeça até à base da barbatana caudal;
  • Apresenta uma mancha escura no bordo superior do opérculo e na parte superior dos primeiros raios moles da dorsal.

Estatuto de Conservação

Sinónimos

Caranx angolensis Fowler, 1919
Caranx rhoncus Geoffroy Saint-Hilaire, 1817
Caranx ronchus Geoffroy Saint-Hilaire, 1817
Decapterus angolensis (Fowler, 1919)
Decapterus rhonchus (Geoffroy Saint-Hilaire, 1817)
Decapterus ronchus (Geoffroy Saint-Hilaire, 1817)

Informação Adicional

Pesquise mais sobre Caranx rhonchus> ~ FishBase ~IUCN ~Marine Species Identification Portal ~ Ictio.term

Referências Internacionais

MARTINS, R.; CARNEIRO, M., 2018. Manual de identificação de peixes ósseos da costa continental portuguesa – Principais Características Diagnosticantes. IPMA, I.P., 204p

Herrera, J. & Smith-Vaniz, W.F. 2015. Caranx rhonchus. The IUCN Red List of Threatened Species 2015: e.T198641A44762728.

additional source Froese, R. & D. Pauly (Editors). (2018). FishBase. World Wide Web electronic publication. , available online at http://www.fishbase.org [details]

basis of record van der Land, J.; Costello, M.J.; Zavodnik, D.; Santos, R.S.; Porteiro, F.M.; Bailly, N.; Eschmeyer, W.N.; Froese, R. (2001). Pisces, in: Costello, M.J. et al. (Ed.) (2001). European register of marine species: a check-list of the marine species in Europe and a bibliography of guides to their identification. Collection Patrimoines Naturels, 50: pp. 357-374 [details]

additional source Froese, R. & D. Pauly (Editors). (2019). FishBase. World Wide Web electronic publication. version (02/2019)., available online at http://www.fishbase.org [details]

Última atualização: 20 Out. 2019
Gerar PDF

O texto desta página é disponibilizado nos termos da licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional (CC BY 4.0); pode estar sujeito a condições adicionais, para mais detalhes consulte os Termos e Condições.